jump to navigation

Dinâmica 30 de setembro de 2010

Posted by Trainee in Dicas.
Tags: , ,
trackback

Olá.

Estou de volta. Creio que no próximo post já estarei trabalhando, o que significa muitas novidades para vocês.

Porém, por hora, vou me limitar a contar um pouco da minha experiência no processo que me levou a ser trainee. Antes de começar, vale dizer que vou dividir em dois posts, o de hoje sobre a dinâmica, e o outro sobre a entrevista. E ainda, devido a falta de tempo, não vou poder pesquisar sites sobre o tema, nesse sentido, recomendo o curso do Escola Virtual que, diga-se de passagem, ninguém se manifestou até agora, estou no aguardo.

Muito bem. Acredito que quando se pensa em dinâmica muita coisa está em jogo. A primeira coisa a se preocupar é a aparência. Estar bem vestido é fundamental. Recentemente passei pela experiência de não estar adequadamente vestido para uma ocasião e foi horrível. Para não errar, recomendo para os homens, no mínimo um traje casual (costume + camisa), quando não terno e gravata (dependendo do quanto for tradicional e do ramo de atividade da empresa em questão). Para as mulheres nada de unhas cor neon, e a preferência é sempre para um terninho ou uma calça social + camisete.

Passado isso, é hora de preparar uma apresentação pessoal. No meu caso, não tinha preparado nada e não foi fácil lembrar de tudo o que gostaria. Lembro que fiquei muito nervoso, a ponto de não me lembrar nada a respeito das pessoas que falaram depois de mim. Também fiz uma piadinha, para ver se ficava mais tranquilo mas confesso que é arriscado pois se ninguém rir você pode se queimar.

Em relação a dicas na hora de se apresentar, acho muito válido dizer, tenha sempre – e se não tiver, arrume – algum tipo de trabalho voluntário. Em geral, os RHs valorizam quem já fez trabalho voluntário, e com razão. Ter contato com pelo menos 2 ou 3 idiomas também é bom, mesmo que seja básico. Conquistas individuais também contam bastante. Para quem estiver na primeira dinâmica é importante saber que nessa hora as pessoas querem aparecer. Então é normal ter pessoas muito mais qualificadas do que você. Mas acalme-se, é normal e o jogo está só começando.

Depois disso vem o Case (estudo de caso), que é a atividade prática. Preparem-se para enfrentar muita pressão, críticas, pessoas difíceis e problemas. Nessa etapa eu tomei 3 atitudes que, na minha opinião, fizeram a diferença. A primeira delas foi, tomar partido na hora de dividir as funções e com isso atribuir o cargo mais importante a pessoa que parecia ser mais arrogante. Como resultado conquistei a simpatia de uma pessoa que poderia me causar problemas e até mesmo um aliado. A segunda atitude foi, quando apresentando o Case, elogiar uma pessoa do grupo. Lembro que ao fazer isso, o gestor que acompanhava fez uma agradável cara de quem estava surpreso. Por fim, quando quis fazer minha opinião ser ouvida, conversei com quem estava mais próximo, os convenci e então ficou mais fácil fazer o resto do grupo me ouvir.

O que quero dizer é, seja um líder. E ser líder não é ser egoísta e querer falar sozinho o tempo todo. Seja humilde, elogie, exponha suas idéias, evite ficar quieto e, acima de tudo, saiba ouvir.

Por fim, procurem demonstrar personalidade. É isso que faz a diferença. Idiomas, experiências, cursos, todos os outros candidatos também têm. Porém, visão empreendedora, empatia, oratória, persuasão, raciocínio rápido, facilidade de lidar com pressão e receber feedbacks, tudo isso meus amigos, são poucos, e é exatamente aí que está a porta de entrada para vocês.

No dia da dinâmica saí de casa disposto a mostrar que não era mais um. De todas as formas procurei me destacar para ser lembrado, seja como o cara que fez a piadinha, seja aquele que elogiou o concorrente, aquele que passou pela dificuldade X, aquele que conversou de igual para igual com o gestor, e etc. Me lembra até aquele ditado, falem bem ou mal, mas falem de mim.

Até a próxima! E o botão para deixar comentário é ali em cima.

Anúncios

Comentários»

1. trainee2 - 2 de outubro de 2010

e ai trainee? tdo bom?

antes de tdo parabens! eh mto emcionante passar no processo neh!?

acabei de passar num trainee tbem e assim como vc eu estava pensando em fazer um blog da minha nova vida. achei q ia ser uma coisa inédita mas acho q pelo visto não. alias, será q a gente passou no mesmo processo?

flw

Trainee - 3 de outubro de 2010

Olá Trainee2! hehe

Com certeza é muito emocionante! É uma oportunidade única e que abre muitas portas.
Fico feliz que também pense em montar um blog. Acredito que para os candidatos e outros trainees, ter outros blogs como referência sempre acaba ajudando.

Agora, se passamos no mesmo processo eu já não sei. hehehe
Fica a dúvida!

Abraço!

2. trainee2 - 3 de outubro de 2010

idéia em ação:

http://1trainee.blogspot.com/

pior q eu to bem curioso em relação a essa duvida…

hauhauhauha..

3. caverna - 4 de outubro de 2010

Opa!
Comecei a ler este blog desde o primeiro post mas não tinha comentado ainda…ta ficando bacana com esses relatos da sua experiencia
comecei a vida de candidato a trainee agora…to ai com umas dinamicas marcadas…vamo v
abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: